4

OUT of Office


Querido 2018 tinha-te, antes de começares, por um Ano Muito Desejado e Muito Especial… tudo o que tem um 8 dentro, a vida já me provou, que é para ser assim… intenso, único e inesquecível para mim. Mas estava longe de sonhar que ias ser, desde o primeiro dia, tão intenso e tão arrebatador.
5 de Janeiro 2018
Acordei muito cedo. O ponteiro mais pequeno do relógio da minha mesinha de cabeceira ainda não tinha chegado ao número 6.
Sabia que o dia ia ser forte. Muito forte. E eu também.
Respirei fundo 3 vezes. Várias vezes. Pedi ao coração que me ajudasse, que me tranquilizasse…
Cheguei à Escola e não estava pronta.
Assumidamente não estava.
Sentei-me naquela reunião com as mãos apertadas uma na outra, com os dedos desencontrados e baixei o olhar.
Lembro-me de respirar fundo e de pensar: … é agora.
Fiquei assim desde o princípio até ao momento em que se fez silêncio e a minha voz acompanhou o meu olhar, que nadava de emoção, até encontrar os vossos.
Tão bom. Foi tão, profundamente, bom sentir a vossa energia, acolher o vosso sentimento e gostar, ainda mais, de cada um.
Guardo para sempre esta reunião.
2018 trouxe-me a primeira Reunião de Pais em que o assunto era eu.
Dos momentos mais intensos. Mais fortes. Mais especiais de todos os meus 15 anos de profissão. Não por o assunto ser eu – mas por me fazer acreditar, ainda mais, que o melhor que existe no Mundo são as Pessoas. Os sentimentos que nelas nasce e a capacidade imensurável que têm de Cuidar.
Os abraços fortes. As palavras tão próximas. A energia tão bonita e o querer-me bem.
Mil obrigadas é, definitivamente, pouco para tamanha gratidão que senti. Que sinto.
Saí daquela reunião com o coração a bater-me fora do peito.
Na sala, sentámo-nos numa roda, trouxe o globo para o centro e apaguei as luzes.
Foi, efectivamente, uma questão de lealdade e de fidelidade… tinha de ser hoje, tinha de ser.
Mostrar-lhes, pela vida que partilhamos, a importância de abrirmos o nosso coração e manter-nos fiéis a quem “mora na mesma casa”.
E foi assim, de peito aberto e olhos rasantes que lhes contei uma história.
A minha.
Contei-lhes uma história sobre uma Família que para ser feliz precisava de estar junta e, por isso, fizeram uma grande viagem até ao outro lado do Mundo.
A dado momento disse-lhes: esta é a minha história. É a Sófi que vai viver para Macau.
Impossível de traduzir em palavras e de vos transmitir AQUELES OLHARES…
Decidi deixar fluir…
Diz que o coração é para sentir e o sangue é para pulsar.
Hoje, seguramente, que sim.
Que de tudo o que leio e investigo sobre Educação é o investimento emocional, são as relações humanas fortes, são as vivências entre pares e entre gerações, é a descoberta e partilha de Culturas, é a manifestação ativa, crítica e consciente na sociedade onde estamos integrados que têm impacto duradouro e efectivo naquilo que o Ser Humano deseja como ponto máximo da sua existência: a Felicidade.
Por tudo isto e tanto mais – hoje escorreram-nos lágrimas naquela roda e verbalizámos Coisas Bonitas que o coração sente.
Conversámos sobre saudades e sobre como isto de SER AMIGO na vida uns dos outros nos dá força e enche de coragem e de responsabilidade uns pelos outros.
Escutei-lhes palavras que guardo para sempre, escutei-lhes o impacto cru e nu…
Depois, localizámos e assinalámos Portugal e Macau no globo da nossa sala e conversámos sobre distâncias, horas de voo, mensagens no Whatsapp, vídeos, postais, fusos horários…
Disse-lhes, também, que a nossa Família do PE3 vai crescer e que, por isso, na 2ªfeira vamos receber uma professora nova e que isso é uma coisa muito boa!!!
Terminámos com um abraço DAQUELES que juntam o coração às costas… todos embrulhados!!!
… e o dia continuou!
Abrimos os estores, acendemos as luzes… (eu inspirei) e eles foram brincar!
E fomos vivendo assim… de Janeiro até aqui!
Num misto de saudades, de memórias tão felizes e tão bonitas, de abraços muito apertados e de lágrimas que deixei escorrer.
Nessa semana escrevi, também, um e-mail a todas as Cookies.
Sei que estas notícias voam de boca em boca e, por isso, queria que eles soubessem por mim.
Hoje é dia 4 de Março e, ainda, não consegui responder aos e-mails que recebi…
Quanta gratidão cabe neste coração???
Sabia lá eu que tinha um mar dentro do olhar…
Que mensagens tão bonitas.
Que palavras tão bem escolhidas.
O tempo que me dedicaram a escrever com tanto carinho, com tantas saudades, com tanta emoção.
Tão maravilhoso perceber que sabem, exactamente, o que sou, o que sinto e o que preciso.
E o tempo foi passando.
26 de Fevereiro. 2ªfeira. O primeiro dia desta semana – uma semana em que quero viver mais lentamente, aumentar o espaço das minhas memórias, o tempo que dura um abraço, a intensidade do pulsar do coração e a capacidade de DAR aquilo que guardo dentro. A última semana no lugar onde vivi 11 anos cada dia mais apaixonada e rendida ao que faço.
11 anos de mim, aqui!
11 anos.
2 de Março. Céu cinzento de nuvens pesadas e carregadas de chuva.
Que dia bonito este para virar uma página.
Cheio da chuva que faz brotar as flores, cheio da chuva que rega os campos sedentos de água e que nos enche as poças para saltar!
Que dia bonito este para virar uma página.
Respirei 3 vezes. Várias vezes. É AGORA. É HOJE.
Sabia lá eu que me ia tremer o pulso e explodir o coração quando girei a chave que abre, todos os dias, o portão da garagem da Escola…
Estacionei o carro e fiquei lá dentro até estar seca.
Depois, subi as escadas, abri a porta e entrei com o pé direito.
Apreciei, lentamente, a rotina que vivi 11 anos.
Dei dois nós bem apertados na bata que vesti SEMPRE.

Hoje é 6ªfeira. 6ªfeira Fantástica da Alegria.
Cumprimentámo-nos.
Fixei-os no olhar. Inspirei e segurei a respiração.
Escutei-lhes as partilhas sobre a Alegria: os objectos, as fotografias, as histórias, as Pessoas… e desejei que fossem ASSIM todos os dias.
Que soubessem sempre o que é a sua definição de Alegria.
Partilhei uma música. Trouxe do carro a mesma música que me acompanhou hoje na viagem até à Escola. Vim a ouvir o cd que ofereceste à minha Filha quando ela nasceu.
Porque eu sou assim: feita de Coisas Pequeninas que guardo dentro. Foi a melhor companhia nesta viagem tão dura…
Dançámos juntos.
Depois, regressámos ao nosso primeiro dia.
Escurecemos a sala, ligámos as luzinhas mágicas e trouxemos para a roda a nossa Garrafa dos Desejos.
… foi nela que guardámos os primeiros desejos que Setembro nos trouxe.
Tomámos um snack especial cheio ao mesmo tempo que escutámos uma música bonita…
Permiti-me estar à flor da pele.
Tão bom…
Tão bom ter com quem estar à flor da pele.
Tão bom partilhar os dias com quem vive à flor da pele.
Inspirei muitas vezes. Guardei-lhes o olhar carregado de respeito e de compreensão.
ELES SABEM. ELES SENTEM.
.
Pediram-me que lhes voltasse a mostrar onde é Macau.
Ficámos iluminados pelo globo e eu fixei os meus dedos entre a distância que nos vai alimentar os sonhos do reencontro.
Depois, fomos à Tutor Land. A Escola toda junta. TODA.
Revi no tempo que dura uma canção os meus 11 anos de Tutor T. Fui surpreendida com um sharing inesquecível… um vídeo cheio de fotografias que me enchem o peito e me fazem transbordar de saudades de CADA UM. De CADA DIA.
Tão bonita a capacidade que as Pessoas têm de CUIDAR umas das Outras.
Tão arrebatadora a permanência de sentimentos que conseguimos gerar.
Tão especial.
Desembrulhei um presente que me diz tanto e senti o coração a bater tão forte.
Cantámos o hino da Escola. Todos juntos.
Se há coisa que a Escola gera é o sentimento de Família. De união. De fazermos SENTIDO na VIDA uns dos OUTROS. E de sermos MAIS com os OUTROS.
Regressámos à sala e voltámos a encher a nossa Garrafa dos Desejos…
Depois, fomos brincar!!!
BRINCAR!!!
Este foi o meu último link.
LINK.
Mas a Ligação essa… é para SEMPRE.
Mil obrigadas a todas as Famílias pela vontade e curiosidade com que leram, todos os dias, o que aconteceu na vida dos vossos Filhos.
Mil obrigadas por todas as Reuniões de Pais, por todos os jogos que jogaram, pelas dinâmicas que concretizámos, pelas danças que dançaram, pelos e-mails que trocámos, pela confiança genuína nestes 11 anos de histórias.
Mil obrigadas pela presença, pelo empenho, pela entrega, pelo desafio, pelas conversas, pela Amizade…
Mil obrigadas por todas as MEMÓRIAS FELIZES que construímos JUNTOS.
Mil obrigadas por gerarem Infâncias Felizes. (que são pilares, absolutamente, determinantes para toda a vida.)
Mil obrigadas por CUIDAREM TODOS OS DIAS. (deles, de vocês e de mim). Porque a Felicidade quer-se todos os dias. TODOS. HOJE!
Mil obrigadas por toda a compreensão, pelo apoio incondicional que me deram desde o primeiro dia, pela energia, pela força e pela motivação que encontrei nas vossas palavras, nos vossos olhares e nos abraços…
Mil obrigadas a todos os Alunos Estagiários com que partilhei estes 11 anos de Educação – pela motivação, sempre maior, de fazer melhor e diferente. Pela inovação, pela busca, pela reflexão. Porque a Missão da Escola é, tanto, partilhar aquilo que sabemos com o Outro – é isso que nos faz crescer, desenvolver e ser feliz.
Mil obrigadas ao Bairro onde tantos desafios concretizámos nestes 11 anos. Da mercearia, à farmácia, à pizzaria, ao cabeleireiro, à residência assistida, à marina, à polícia, à junta de freguesia, às outras escolas, creches e jardins de infância… tantas Pessoas tão importantes neste Caminho cheio de histórias. Grata. Muito grata por toda a simpatia, disponibilidade e acolhimento em todas as visitas, trabalhos, projectos e causas!
Mil obrigadas a toda a Equipa – a CADA UMA – Auxiliares de Educação, Educadoras de Infância, Professoras de Inglês, Terapeutas, Professoras de Música, Cozinheiras… TODAS!... por CADA DIA que vivemos juntas, pelo tanto que fizemos, por tudo o que descobrimos, conquistámos, transformámos, melhorámos, acreditámos, nos empenhámos, embirrámos e fizemos crescer.
JUNTAS ofereceram-me dos dias mais bonitos e inesquecíveis da minha Vida. É assim que vos desejo: JUNTAS para Coisas Boas, Bonitas, Felizes, Marcantes, Simples… e VOSSAS!

Mil obrigadas à TP pelas ASAS!... por todos os voos em queda livre que me permitiu fazer. Pela confiança, absolutamente, inigualável. Pelo colo. Pelo profissionalismo. Pela partilha de vida. Pela Amizade. Pelo reconhecimento de todo o meu trabalho e de toda a minha entrega. Por acreditar até ao fim. Por ser uma excelente Directora porque é, indubitavelmente, uma magnífica Pessoa.
A vocês, minhas queridas Cookies, TUDO!!!! TUDO!!!!!!!!!!!!!!!
MUITO GRATA a TODOS e a CADA UM por TUDO.
Há colos que duram para SEMPRE.
.
Mil obrigadas com todo o meu coração!!!
Porta Aberta... Sempre!
.
Ir com TUDO é a melhor maneira de ir a qualquer lado.



Mil obrigadas por me terem DADO TANTO para levar.

Nota Mental: Aguenta coração...



4 comments:

*Sra-abobora* disse...

💙🙌🏼⭐️

Telma Gonçalves Delgado disse...

OBRIGADA pela tua PARTILHA, pelo teu SENTIMENTO, pela tua TESTEMUNHO DE ENTREGA... pela tua AMIZADE!
Beijo apertado e emocionado *

Telma Gonçalves Delgado disse...

OBRIGADA pela PARTILHA, SENTIMENTO e TESTEMUNHO DE ENTREGA TOTAL AO QUE FAZES!!!
Obrigada pela tua AMIZADE!
Beijo apertado e emocionado *

maria joão mansilha nobre disse...

Minha Krida Sofia, ai ai ai .... caí ... só agora percebi que vai para Macau ♡ terra que amo.
Costumo dizer aos meus filhos que a saudade é um sentimento valioso/precioso e acrescento que não há longe bem distância ♡
Como sempre as suas linhas mostram seu coração e seu coração é lindo ♡
Voe bem alto, sonhe, faça sempre com esse sorriso e brilho.
Abracinhos muitos e beijinhos nossos ♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡