5

Aos 794 dias de Vida OUT... posso afirmar que TU, Filha, conseguiste o QUASE impossível na minha vida!!!

Pois que sim!!!
Aos 794 dias de Vida OUT... posso afirmar que TU, Filha, conseguiste o QUASE impossível na minha vida!!!
E quando escuto conversas sobre a facilidade com que alguns Pais mantém a sua vida de antes... depois de terem um Filho - confesso que fico em pânico.
Por causa dos Pais e, principalmente, por causa do Filho!!!
... é que deve ser muitíssimo complicado para um Filho - tenha ele meses ou anos maduros de vida - sentir que nunca foi a prioridade na vida dos seus Pais. Complicado e perturbador!
Oh... sim!!! Claro!!! Eu tive um Filho mas jamais deixei de ir ao ginásio todos os dias, ao cinema todas as semanas, jantar fora todas as 6ªfeiras e passar fins de semana fora!
Oh... sim!!! Claro!!! Lá por ter um Filho não quer dizer que deixe de ter a vida que tinha antes! Isso é que era bom!!!
Oh... sim!!! Claro!!! Eu tive um Filho mas nós continuamos a fazer o mesmo que fazíamos antes dele nascer.
.
Pois que sim!
Pois que ANTES de tu nasceres, Filha... confesso que algumas dessas frases até me faziam algum sentido.
Porque a Vida tem de continuar...
Porque não nos podemos privar daquilo que gostamos porque uma criança nasceu...
Enfim, falar sobre experiências que não tivemos e sobre momentos que nunca passámos é, definitivamente, fácil da boca para fora.
.
Hoje, depois de 2 anos de ti no meu Mundo.
Descobri que posso, perfeitamente, continuar a fazer tudo aquilo que gosto... e muito mais... contigo, na tua companhia e, também, desafiando-me e conhecendo outros Mundos e outras formas.
Descobri que as Coisas Boas, também, se fazem sem ti... e que a ansiedade de te encontrar as torna, ainda, mais bonitas!
Sei, definitivamente, que TU mudaste a minha rotina, os meus hábitos, as minhas prioridades, os meus medos, os meus gostos, as minhas ansiedades e os meus sonhos.
TU transformaste o meu Mundo.
.
Como é que é possível viver a experiência mais fantástica da vida de um Ser Humano: ter um Filho.
E ficar-se, absolutamente, na mesma... passados meses???!!!!
Como é que é possível que um Filho não seja a prioridade máxima dos seus Pais?
.
Sempre senti que o fomos. E Somos. Mana Kida.
.
Parece-me tão redutor que um acontecimento que gera dos maiores sentimentos de Amor... seja, meses depois, deixado horas, quase, sem limite em instituições ou em casa dos Avós.
Que terão, certamente, a melhor das vontades para estar com o seu neto.
E a Escola terá o melhor dos horários para responder às necessidades dos Pais.
Mas NUNCA serão os Pais.
NUNCA.
.
Quem são os Pais que acreditam que o seu Filho está melhor e mais divertido e mais animado e mais tranquilo e mais descansado e mais feliz na Escola ou em casa de quem quer que seja... se isso foi longe de si???
.
Infelizmente tenho muitas respostas para esta pergunta.
Mas para esses, talvez, até seja mesmo melhor assim. Do que serem fardos, carga indesejada. Sujeitos a olharem, estupidamente, para IPADs e a jogarem jogos em telemóveis enquanto o Mundo lhes passa pela frente. Podem, pensa quem lhes dá, serem compensados com brinquedos, roupas, jogos, filmes e futilidades.
Mas gosto de pensar que são essas mesmas Pessoas que ficam muitíssimo comovidas e sensibilizadas com anúncios publicitários que mostram crianças a pedir tempo, disponibilidade, atenção e colo aos Pais.
Claro que depois... existem as terapias, os psicólogos, as dinâmicas, os encontros, os jogos, as reuniões e os livros de inteligência emocional e afins com que abarrotam o Mundo das Crianças... quando a solução É tão mais simples, eficaz e eficiente: Amor.
.
Eu não deixei de ser a Pessoa que era.
Eu sou a Pessoa que era mais a Pessoa que TU me mostraste que sou.
Sinto a maternidade como a descoberta de novos talentos, uma evolução na espécie humana Soph... uma experiência que me dá acesso a uma passagem para o meu próximo nível.
.
Sim, ser Mãe tornou-me melhor.
... ou talvez mais apurada.
Refinou-me e amansou-me ao mesmo tempo.
Misturou, baralhou-me e voltou-me a dar.
.
Há 3 anos se eu disse a alguém que me conhece que eu ia ter um cão!
Seja qual Pessoa fosse iria dizer-me: estás bem?! A sério??? Estás doente?! Aconteceu-te alguma coisa?! Está a tomar medicação?! Tens a noção do que me estás a dizer??? Tu vai ter um cão????!!!!
Sim... eu pertenço àquele grupo de Pessoas que tem pânico e medo de cães a sério! Eu atravesso a estrada sempre que um cão com ou sem trela vem na minha direcção. Eu fico à porta em casa de Amigos até que prendam o cão. Eu sou incapaz de entrar num sítio onde esteja um cão solto. Eu agarro-me a quem quer que seja se um cão me vem cheirar. E mais efeitos secundários semelhantes que a presença de um cão provoca em mim!!!
.
SIM!!!!!!!!!!!!!!!!!
.
Procurei o cão mais querido do Mundo!!!
Eu, Soph, procurei um cão para ti, Filha!!!
Eu, Soph, marquei uma consulta no veterinário!!!
Eu, Soph, comprei a caminha cor-de-rosa aos corações coloridos, a coleira cor-de-rosa, a comida, as tacinhas cor-de-rosa para a comida e um brinquedo canino - um coelho, pois claro!!!
.
Porque tu, Filha, ficavas sempre tão feliz quando encontrávamos um cão!
Porque acredito que é, verdadeiramente, bom, para ti, teres um cão!!!
Porque são sobejamente conhecidos os resultados dessas Amizades: entre o cão e o seu dono!
.
Hoje aconteceu.
A partir de hoje temos uma cadela!!!
Chama-se Bookie!
... Bookie de Book! Dos livros de histórias que adoras folhear, escutar e contar à tua maneira!
Bookie... com "i" porque diz que os cães gostam mais assim.
Bookie é, também, Apostador Profissional!!!... ups!!!!
.
Tem 6 semanas de vida, é castanha e é um mimo de ternura!!!
.
Impossível descrever a tua alegria quando a viste.
Ficaste eufórica e num riso desmesurável!!!
.
Sentaste-te a olhar para ela e enquanto a observavas disseste-lhe numa voz serena:
Eu sôí a Vitóía!
.
E brincámos e fizemos festinhas na nossa Bookie!!!
.
Aos 34 anos de vida eu decidi ter um cão.
Aos 794 dias de Vida OUT... posso afirmar que TU, Filha, conseguiste o QUASE impossível na minha vida!!!



Nota Mental: Se é verdade que os Filhos mudam o Mundo dos Pais?!
Se é verdade não sei...
Mas sei que é verdade que TU mudas FELIZMENTE, todos os dias, 
o meu Mundo, Filha!!!

5 comments:

maria joão mansilha nobre disse...

Como sempre uma ternura, uma lição de vida. Beijinho grande e parabéns duplos

Ana Rita Santos disse...

Soph disseste algo que me deu um click. Os meus pais tb eram assim!!!eu e as minhas manas éramos a sua prioridade número 1. Curiosamente isso não é comum nos dias de hoje, naquilo que observo diariamente! Beijinhos e Parabéns pelo blogue:) Ana Rita

cristina disse...

Que bonita a cadelinha da Bubu! Parabéns pela aquisição e espero que seja tão amorosa como a sua mãe. A V só vai ganhar com uma "mana" dessas. Bjs e tudo de bom.

Ana Pagliuso disse...

Lindo o texto!!!! Beijinhos

Ana Pagliuso disse...

Lindo o texto!!!! Beijinhos