1

Voltei à VOLTA.

Desde 2005 que sou voluntária na Comunidade Vida e Paz e desde essa altura que as Pessoas que me conhecem e sabem disso que se habituaram a entregar-me roupas, sapatos, toalhas e tudo e mais alguma coisa para eu lhes dar um novo rumo.
E eu adoro arranjar novos destinos para tudo o que as Pessoas já não precisam e não querem!!!
.
Na 4ªfeira passada a CookiErvilhaAvó deixou-me no CookiMundo um saco de plástico com dois pares de calças - eu, peguei no saco o meti-o dentro do SophMobile - pensei para comigo: não vou de propósito à CVP levar este saco, fico com ele dentro do SophMobile e quando juntar mais algumas coisas levo lá... ou talvez até encontre dono para estes dois pares de calças antes disso.
.
5ªfeira à noite foi dia de reunião para a preparação da Festa de Natal da CVP e eu decidi que estava na altura de voltar ao ativo... desde o quarto mês de gravidez que deixei de fazer a Volta e estou cheia de saudades!!! Por isso, estava na hora de voltar!!! Voltar à VOLTA!
.
6ªfeira de manhã, passavam poucos minutos das 8:30 da manhã, estava eu sentada na sala do CookiStaff e quando, por acaso, levanto o olhar do monitor e olho para a janela vejo uma Pessoa Sem-Abrigo a passar.
Quem conhece o CookiMundo onde trabalho sabe, perfeitamente, que naquela zona não abundam Pessoas Sem-Abrigo (pelo menos no sentido mais restrito da palavra)... e contam-se pelos dedos de uma mão as Pessoas Sem-Abrigo que eu já encontrei por aqueles lados à luz do dia.
Por isso, levantei-me rapidamente da cadeira onde estava sentada, saí porta fora e corri atrás dele.
Chamei-o e ele parou de imediato.
Estava sujo.
Muito sujo.
Enquanto escrevo ainda lhe consigo sentir o cheiro.
De tão activo e intenso... ficou-me no olfacto.
O cabelo sem corte, descuidado e colado à cabeça.
O corpo não tomava, seguramente, um banho quente e ensaboado há mais de meses.
E a voz, as palavras e as frases saíam lentas e sem direcção.
O pensamento baralhado e o discurso sem caminho.
Disse-lhe bom dia e por entre as palavras que trocámos... dei-lhe uma caneca de leite quente que bebeu em dois goles, um iogurte líquido que guardou no bolso, um litro de leite que colocou debaixo do braço , uma sandes de queijo que comeu em duas dentadas... e os dois pares de calças que tinha dentro do SophMobile.
Claro!!! As calças!!!! As calças da CookiErvilhaAvó!!!
E quando as estou, precisamente, a colocar nas suas mãos... reparo que por trás de mim passam os CookiErvilhaPais.
Observo-os e sorriu.
O meu coração cresce naquele momento porque acredito que nada acontece por acaso.
Qual é a probabilidade de tudo isto acontecer?!?!?!
Vejo o CookiPaiErvilha a entrar para dentro do seu carro e penso no meu pensamento: nem imagina ele que as calças que me viu entregar eram, precisamente, do seu Pai!!!
.
A conversa continua. Falo-lhe sobre a Comunidade Vida e Paz.
Sou rápida. 
Sei que quem dá respostas curtas quer seguir o seu caminho. Mesmo que não tenha destino.
Diz-me a idade e despedimo-nos.
Tem 33 anos. Somos da mesma idade.
.
Regresso para a mesma cadeira onde estava sentada em frente à janela.
E o meu pensamento fica lá fora...
Alago a visão. 
Estou triste.
.
Hoje é 6ªfeira e no CookiMundo festeja-se o Halloween.
Às 10:30 saímos todos à rua, todos mascarados, e enquanto passeamos... encontro-o.
Tem o pacote de leite aberto e está mais limpo: tem umas CALÇAS novas vestidas.
.
Aceno-lhe de longe mas sei que ele não me reconhece.
.
Sim. 
Voltei à VOLTA.






1 comments:

Marta Margarido disse...

És tão especial Sophy!!
Beijo